"Ataques anónimos dos adversários políticos reflectem algum desespero. Devemos discutir, sim, as questões essenciais. Também aqui a CDU tem de fazer a diferença"

2017-06-28

Ataques anónimos dos adversários políticos reflectem algum desespero. Devemos discutir, sim, as questões essenciais. Também aqui a CDU tem de fazer a diferença.
Intervenção de Luís Raposo, Mandatário Concelhio da CDU, no almoço de apresentação de candidatos da CDU no concelho de Moura, evento que decorreu a 24 de Junho, Dia do Município, no Pavilhão Municipal do Parque de Feiras e Exposições de Moura, com a presença de duas centenas de pessoas.



Boa tarde a todos.

Bem-vindos ao almoço de apresentação dos candidatos da CDU às eleições de 1 de Outubro próximo.

Antes de mais, quero começar por agradecer o convite que me foi feito para ser o Mandatário Concelhio da CDU. Aceitar ser mandatário é para mim uma grande honra e simultaneamente uma grande responsabilidade. Uma grande responsabilidade na medida em que significa a minha total concordância com o projecto CDU e consequentemente com as suas propostas para o desenvolvimento do concelho de Moura.

Espero sinceramente que o meu modesto contributo possa ajudar a CDU a atingir os seus objectivos eleitorais. Será com certeza mais uma batalha difícil, mas, como todos sabemos, não há, nunca houve e possivelmente nunca haverá eleições fáceis e muito menos vitórias eleitorais antecipadas.

Com a continuação da divulgação da obra feita pela CDU, por um lado, e com o valor das propostas em curso e para o futuro, tenho a plena consciência de que, embora difícil, a vitória é possível.

A vitória é possível porque a CDU apresenta os candidatos melhor preparados para o desempenho das funções nos vários órgãos do poder locar democrático. A CDU apresenta ainda autarcas com provas dadas e reconhecimento a nível local, nacional e até internacional.

Saúdo, pois, todos aqueles que foram escolhidos e se disponibilizaram para o desempenho de funções nos diferentes órgãos autárquicos para os quais vierem a ser eleitos. Todos merecem o meu respeito e consideração, pois sei bem que os espera uma tarefa difícil, deveras exigente e de uma entrega total à causa pública.

Por último, gostaria de fazer um apelo à calma e serenidade de todos nós, face às quase constantes provocações nas redes sociais e não só, provocações essas maldosas, caluniosas e por vezes a roçarem o baixo nível. Possivelmente, quase todas elas provenientes dos nossos adversários políticos.

Na minha opinião, para além da falta de respeito pelas pessoas, elas reflectem também algum desespero. Porventura pensarão que a tão propalada alternância democrática é algo que se decreta e naturalmente acontece se gritarem bem alto e muitas e repetidas vezes.

Por isso, por favor não nos deixemos levar para campos que nada têm a ver com as questões essenciais, que essas, sim, interessa discutir até à exaustão. Eu sei, todos sabemos que por vezes é mesmo muito difícil não ripostar, mas sinceramente acho que também aqui nós teremos que fazer a diferença. Responder anonimamente a anónimos cobardes é descer ao mesmo nível e, na minha opinião, teremos mais a perder do que a ganhar.

Termino dizendo que acredito plenamente que com confiança, muito trabalho e empenho de todos nós, a vitória será uma realidade.


Viva a CDU!

Outras Notícias